Melodia



Escuta a melodia da vida, afagando a Natureza.
*
Mensageira de Deus, é o murmúrio luminífero das estrelas,
céus, embelezando a noite como harmoniosos solfejos
de ninar.
*
Na água do regato refrescante que atende o solo, canta na
vibração de milhares de gotículas quais diamantes liquefeitos,
num impulso de tudo acariciar.

Deus!


Amplia a minha capacidade de entender as pessoas e os acontecimentos.
Fortalece meu espírito.
Pousa a mão sobre o meu sentimento e inteligência para que eu penetre
até onde não tenho conseguido, tenha mais paz e obtenha
as mudanças profundas de que preciso.
Compreendo que, se criei em mim limitações, só eu posso rompê-las,
encontrar minha verdadeira identidade, desfrutar de capacidades e talentos.

Aquele que deseja...


Aquele que deseja sinceramente tornar-se útil para os seus irmãos, encontra mil ocasiões de fazê-lo. Que as procure e as encontrará. Se não for de uma maneira, será de outra, pois não há uma só pessoa, no livre gozo de suas faculdades, que não possa prestar algum serviço, dar uma consolação, amenizar um sofrimento físico ou moral, tomar uma providência útil.
Allan Kardec - E. S. E. pg 156

Um Novo Século de Luz



Ah! Eu queria tanto, como eu queria
Que a natureza continuasse
Vertendo Amor por toda a Terra
Fazendo dos campos verdejantes um tapete de cores
Onde a criança caminhasse entre flores
Sem temores...

Ah! Eu queria tanto, como eu queria
Que em cada favela, em cada vila
Todas as crianças tivessem guarida
No coração do homem...
Operário ou empresário
Para nele encontrar...
Nem que fosse um cantinho
Para falar de seus sonhos
Que eles não são quimera
Que alguém pode fazer dele
Eterna primavera...

Amor e Desapego


"Assim como um circuito elétrico precisa de um fio positivo e outro negativo para estar completo, nossa vida e todas as nossas ações repousam nos pilares gêmeos do amor e desapego. Ser muito amoroso traz apego - às pessoas, lugares, objetos e trabalhos - e por fim tristeza quando aquilo a qual estamos apegados não permanece mais conosco.